segunda-feira, 27 de julho de 2009

orelhas moucas.


Cala-me com os teus berros desnutridos de amor e paixão.
Às vezes, acho que me oiço demais e me falo de menos! Ou então dá-me um microfone que eu dou-te um altifalante e ouve-me, nem que seja em surdina ou em tom de sirene.

Cheira-te bem?

13 comentários:

Su disse...

já agora q seja em tom de sirene...e que oiças..............


jocas maradas

Bianca Nogueira disse...

Belas maneiras de se fazer ouvir.

Purple disse...

é preciso saber gritar aos ouvidos de quem se faz mais surdo do que na verdade é .

as velas ardem ate ao fim disse...

Grita!

bjo

Qel disse...

«Às vezes, acho que me oiço demais e me falo de menos! Ou então dá-me um microfone que eu dou-te um altifalante e ouve-me (...)».
grita-lhe ao ouvido e fura-lhe o tímpano!

Qel disse...

p.s.-esqueci-me de te pedir o e-mail. Mandas-mo? Vou bloquear o meu blog, assim terias acesso na mesma. Um beijinho! *

Mara disse...

A tua escrita não tem nada de normal.
Nada.
Gosto e gosto muito.
É bom fugir á normalidade

Poppins disse...

Parece que hoje foi dia de perceber que falamos de menos!

Beatriz Cró disse...

Cheiras-me a hortelã-pimenta.

Bianca Nogueira disse...

Mesmo que não sejam correspondidos?

Bianca Nogueira disse...

O adelino tem bue pelos no peito :o

Joana Éme. disse...

Sou tom de sirene, para ele.

Mafii disse...

adorei o blog, simples e directo.parabens *